O óleo de incenso é extraído pela destilação aquosa de resina aromática seca de árvore chamado Boswellia Serrata, que cresce no Norte da África, Oriente Médio e partes da Ásia.  A resina aromática de incenso foi usada por muitas nações – por suas propriedades já é conhecida há 5000 anos.

Óleo de incenso

  • Regenera a pele, reduz rugas e cicatrizes causadas por acne e varíola

probotanic-frankincense-oil

  • Muito apreciado na indústria  cosmética, naturalmente firma a pele e reduz a aparência e os efeitos das rugas
  • Tem um efeito calmante, excelente sedativo, resolve o problema de depressão, nervosismo, ansiedade, remove a fadiga mental e o estresse, útil para insônio e tensões profundamente enraizadas, reduz os dores de cabeça
  • Alivia de todas as inflamações em doença Crohn, colite ulcerosa e artrite
  • Reforça o sistema imunitário e estimula a atividade das células brancas (leucócitos) do sangue
  • Mostra a atividade contra tumor devido ao ácido boswelico
  • A atividade mucolítica e espectoral é excelente para todos os tipos de infecções respiratórias
  • Tem um aroma doce, quente e profundo que melhora o humor, ideal para a meditação

 

O óleo divino

O óleo de incenso é extraído pela destilação aquosa de resina aromática seca de árvore chamado Boswellia Serrata, que cresce no Norte da África, Oriente Médio e partes da Ásia.  A resina aromática de incenso foi usada por muitas nações – por suas propriedades já é conhecida há 5000 anos. originalmente era usado para cerimônias religiosas na fumaça de idosos. Mesmo hipócrates recomendava mascação do incenso de com mel contra o tosse e doenças pulmonares. Os médicos árabes têm utilizado para parar o sangramento e tratamento de feridas. Foi encontrado no túmulo do rei tutancâmon, e é mencionado na história do nascimento de cristo, como um regalo de um dos homens sábios que vieram ver o salvador recém-nascido. Um dos segredos de beleza da rainha egípcia cleópatra era o óleo de incenso que fez seu rosto dava a impressão de eterna juventude e imortalidade. Como não é possível cultivar e expander porque só cresce em seu habitat, o incenso é ainda altamente valorizado. as cientistas de hoje têm descoberto muitos benefícios medicinais da issa substância. isso explica por que foi tão valioso quanto ouro nos tempos antigos.

 

O uso do incenso na medicina contemporânea

O secreto de efeitos da resina aromática e do óleo de incenso é óleos incenso é o ácido boswellico. Os primeiros estudos clínicos em humanos demonstraram o resultado convincente confirmando os benefícios  no uso tradicional do incenso. Os extractos de incenso eram eficazes em pacientes que sofrem de artrite reumatóide, doença de Crohn, colite ulcerosa e asma. O ácido boswellico é um componente chave do incenso, e mostra atividade anti-tumoral. Funciona através de vários mecanismos que impedem a proliferação (expansão) das células cancerosas. Através de inúmeros estudos não ter notado quaisquer efeito colateral significativo. Recentes estudos toxicológicos e para verificas os seus benefícios, confirmaram que os extractos de incenso têm uma ampla gama de uso interno e externo.